Existem atualmente 804 mil vagas publicadas para cargos relacionados à computação nos Estados Unidos. Número impressionante, né? A pesquisa é da Fundação Nacional de Política Americana e, inclusive, chamou a atenção da Forbes, que a partir daí fez uma reportagem e mostrou que o mercado de TI nos EUA anda bem quente.

 

Veja só os números abaixo:

326.000 – desenvolvedores de software;

64.712 – analistas de sistemas;

57.307 – administradores de banco de dados;

44.073 – analistas de segurança da informação; 40.492 – engenheiros elétricos;

300.000 – outras ocupações da computação.

Mas veja também o que diz um trecho da reportagem da Forbes:

“Os números provavelmente subestimam as vagas de emprego, pois os empregadores não publicam todas as vagas ou podem retirar dos sites de anúncio aquelas que ficam abertas por muito tempo.”

Ou seja, o número é, provavelmente, muito maior.

 

 

“Mas Joobfy, o que explica isso?”

 

O Governo Joe Biden tem estimulado a entrada de profissionais e estudantes estrangeiros nas áreas de Engenharia, Ciências e Tecnologia.

e ele é bonzinho, tá?

É que os americanos acreditam que os imigrantes desses campos são essenciais para que os Estados Unidos sigam com competitividade no mercado global – principalmente com a China cada vez mais avançando.