Não, não é simplesmente pegar seu currículo, jogar no Google Translate e pronto. Para se candidatar a uma vaga lá fora você precisa ter atenção, mas não se preocupe pois este post vai te ajudar!

E antes de te passarmos uma listinha com pontos que merecem cuidado na hora de montar seu currículo para uma vaga no exterior, vale dizer que cada país tem sua peculiaridade. Por exemplo:

Em geral nos países da Europa, a formação acadêmica é muito valorizada, ou seja, na hora de fazer o currículo, dê destaque a isso.

Já nos Estados Unidos a coisa costuma ser um pouquinho diferente. E não é que os americanos não valorizam a formação acadêmica, é porque por lá uma carta de recomendação tem muito valor.

 

Confira 5 dicas importantes:

  • Seja bem objetivo;
  • Evite a tradução automática;
  • Não minta quanto ao conhecimento do idioma;
  • Caso não seja uma vaga remota, inclua o tipo de visto que você tem;
  • Procure uma carta de recomendação.

 

Pronto! Com essas dicas você com certeza vai fazer um bom currículo e obter sucesso em vagas de trabalho no exterior.